Parâmetros do gabinete – Segmentos

Altura do Segmento

Um gabinete consiste em até cinco segmentos empilhados. A altura indicada aqui sempre se refere ao meio dos andares intermediários. Para o primeiro segmento, na borda inferior do piso inferior, e para o último segmento, na parte superior do piso superior. As alturas da tampa e do rodapé que contribuem para a altura total são inseridas em um campo separado.

Segmentos de cópia fácil

Ao inserir um inteiro negativo, um segmento abaixo dele pode ser copiado em sua totalidade. Por exemplo, se você quiser copiar os valores do segmento Inferior, que são dois segmentos abaixo, insira – 2 no campo Altura.

Estender a altura do segmento até a altura total

A inserção de uma medida negativa aumenta ou diminui a altura do segmento pelo valor faltante. Se, por exemplo, para um gabinete com uma altura total existente de 740mm (600mm na parte inferior do segmento, 140mm na parte inferior central do segmento), o valor – 800mm for inserido no campo Altura da parte inferior central do segmento, este será estendido de 60mm a 200mm .

Manipular rotação e posições no segmento

O campo é composto por duas seções.

  1. Um único valor para o número de graus de rotação da alça
  2. Vários valores para a posição da alça em uma frente dentro de uma divisão vertical. As frentes sobrepostas de um segmento (divisão horizontal) têm a mesma posição.

O valor de uma posição de alça consiste em dois caracteres para a posição horizontal e vertical na frente:

  1. Posições horizontais: esquerda, direita, meioe 2 para uma pegada dupla face esquerda e direita
  2. Posições verticais: Unten, Half, Oen
  3. O caractere N não desenha uma alça na posição

Exemplo: U Handle Red° Pos LRM2:OMU/N90 RO N LO

A alça é girada em 90°. As posições para uma divisão vertical tripla são da esquerda para a direita: Superior Direita, Sem Alça e Superior Esquerda

Subdivisão de um segmento

O campo é composto por três valores consecutivos

  1. Divisão vertical: número de peças próximas umas das outras
  2. Divisão horizontal: número de peças umas sobre as outras (sem compartimentos!)
  3. Lado central (V) ou prateleira intermediária (H) contínua

A divisão vertical determina o número de compartimentos separados por lados centrais. É irrelevante se o lado do meio está desenhado na posição ou não. Veja o campo lateral central.

A divisão horizontal desenha outros andares intermediários. Destina-se principalmente a gavetas adicionais umas sobre as outras em um segmento e sobrepõe-se às prateleiras.

Se houver lados médios e andares intermediários dentro de um segmento, o terceiro parâmetro especifica qual dos dois é traçado nos pontos de interseção.

Exemplo: Subdivisão Vertical Horizontal5 2 V

O segmento tem cinco partes próximas umas das outras e, portanto, quatro lados do meio, bem como duas partes em cima uma da outra e, portanto, um piso intermediário. O piso intermediário encontra os lados do meio.

Direção da dobradiça da porta e visibilidade do lado do meio

O campo é composto por valores sequenciais alternados para a direção de uma parada de porta dentro de um segmento, seguido pela visibilidade do lado central.

Para a posição das dobradiças da porta, ou seja, as dobradiças da porta, quatro possibilidades são concebíveis:

PosiçãoSinalApresentado como
EsquerdaL, l, >>
CertoR, r,<
AcimaO, o,O
AbaixoU, uU

A visibilidade ou formação do lado do meio é regulada aqui por um caráter de controle:

FormaçãoSinalApresentado como
Invisíveln, x, 0
Dentroeu!!
Normalj, y, 1|

Exemplo: Stroke L/R/O/U MitSei J/N: r j l n o

Esta sequência de sinais significa que a primeira porta é articulada da esquerda para a direita. Em seguida, uma página do meio é desenhada. A porta do meio é articulada no lado esquerdo deste lado central. O próximo lado central está ausente e o segmento termina com uma aba articulada na parte superior.

Por uma questão de clareza, as entradas são apresentadas da seguinte forma: Stroke L/R/O/U MitSei Y/N: • O

Consolidação de frentes adjacentes

O lado central interno é um caso especial para frentes que abrangem o lado do meio. Neste caso, duas frentes podem ser combinadas a partir de partes adjacentes. Esta consolidação só é realizada no caso de laterais centrais internas (!) ou invisíveis (•) e também apenas se a direção de dobradiça das portas adjacentes for a mesma. L/R/O/U MitSei J/N: < ! < |

Esta sequência de caracteres significa uma divisão do segmento em três partes. A primeira e a segunda partes são separadas por um lado médio interno. Como a direção de ataque nessas duas partes está à esquerda, a frente é combinada e atingida à esquerda (ou seja, no lado esquerdo do corpo).

A terceira parte é então separada das duas primeiras por um lado médio normal e, assim, uma porta separada é desenhada lá, que também é articulada à esquerda.

A distância entre os lados médios internos pode ser ajustada segmento a segmento no parâmetro Distance Middle Side Front.

Espaçamento dos lados do meio

O campo permite que os lados centrais sejam divididos manualmente sobre a largura do gabinete de um segmento. Há duas maneiras de fazer isso:

  • Prateleiras da mesma largura (padrão). A largura disponível de todos os lados médios não fixos é dividida de tal forma que os compartimentos tenham a mesma largura clara.
  • Frentes da mesma largura. Entra em vigor assim que o sinal = é inserido no campo. A largura disponível é distribuída uniformemente, levando em conta as juntas dianteiras, de modo que as frentes sejam da mesma largura.

As informações ausentes são calculadas uniformemente distribuídas para a largura restante.

Exemplo das mesmas frentes: MS clear width (=front/compartment)200 = = 200

Esta sequência de sinais para uma subdivisão vertical de quatro partes de um semgent significa:

  • A distância entre o lado esquerdo do corpo e o meio do primeiro lado do corpo é de 200mm – o mesmo que a distância entre o meio do último lado do corpo e o lado direito do corpo
  • O lado do meio entre eles é distribuído uniformemente, de modo que a largura dianteira da segunda e terceira portas é a mesma. Com larguras frontais igualmente distribuídas, diferentes juntas frontais à esquerda, direita e vertical são levadas em conta.
  • O número de páginas do meio é definido pelo campo Subdivisão

Exemplo dos mesmos assuntos: MS largura clara (=frente/compartimento)200 200 0 0

Como a especificação de 0 é contada como um caractere para as mesmas larguras de assunto, essas entradas são exibidas da seguinte maneira: MS clear width (=front/compartment)200 200 – –

Esta sequência de sinais para uma subdivisão vertical de quatro partes de uma semg significa:

  • A distância entre o lado esquerdo do corpo e o meio do primeiro lado médio e, em seguida, para o meio do segundo lado médio é de 200mm cada
  • O lado central seguinte é distribuído uniformemente, de modo que a luz da segunda e terceira portas é a mesma. Diferentes espessuras das laterais e laterais do meio são levadas em conta.
  • O número de páginas do meio é definido pelo campo Subdivisão

Classificação das prateleiras

Especifica o número de prateleiras. Uma grade (por exemplo, 32mm) pode ser usada, que é indicada pelo caractere *. O ponto de referência da grade é a borda inferior do piso do segmento, que pode ser um piso intermediário ou o piso inferior.

Exemplo: Número de compartimentos > fundo: 2*32

Cria duas prateleiras uniformemente espaçadas e as move para o ponto mais próximo da grade de 32 mm.

Os valores calculados são anexados ao campo Número de partições dos compartimentos > fundo: 2*32 192 384

A primeira prateleira está 192mm acima do piso do segmento, a segunda 384mm.

Essas medidas indicam a diferença de altura entre a borda inferior do piso do segmento atual e a prateleira. As alturas também podem ser definidas manualmente. Se uma grade for definida, as alturas inseridas serão alinhadas e ajustadas de acordo. Se nenhuma grade for desejada, o operador * pode ser omitido. Em seguida, é complementado na forma 2*0.